13/10/2014 21:43
O coração de serva

Rute não era judia, mas moabita. Não servia ao Deus de Israel e, mesmo assim, ao ficar viúva, decidiu abandonar a sua família e sua religião para acompanhar a sua sogra Noemi a Belém. Ao se instalar na cidade, os moradores passaram a observar o tratamento de Rute com a sua sogra. De todas as virtudes que Rute possuía, talvez o amor por sua sogra fosse uma das qualidades mais admiráveis. Em Belém, durante várias semanas, Rute se levantava antes do amanhecer para trabalhar. Colhia grãos nas plantações de cevada, em pleno calor do dia, e voltava para casa levando alimentos para ela e Noemi. Rute possuía um coração de serva.

Prezada leitora, você tem um coração de serva? Serva é aquela que serve aos outros, aproveitando todas as oportunidades para ajudar o próximo. Existem muitas mulheres que servem, fazem o trabalho com afinco e dedicação, mas cobram pelo serviço. Sabe como? Reclamando, murmurando, transformando o lar num verdadeiro conflito. Rute foi um grande exemplo de serva. Em momentos de crise, ela não abandonou a sua sogra e, com muita dedicação, a serviu sem nenhum interesse, até porque Noemi não tinha nada para oferecer.

Tudo o que você faz está sendo registrado lá no céu. Deus está vendo tudo! Ele conhece o coração das pessoas e, com certeza, conhece o seu. Deus viu a intenção de Rute e derramou muitas bênçãos sobre sua vida. Ela se casou com um homem chamado Boaz, de caráter virtuoso, que deu a ela um lar e estabilidade. Ela também pôde dar abrigo a sua sogra Noemi, uma pobre mulher sem marido e sem filhos, sozinha no mundo, à mercê da sorte. Rute teve um filho e, a partir desse fruto, viu ser gerada uma descendência maravilhosa: Boaz gerou Obede que gerou Jessé que gerou Davi, até chegar em Jesus Cristo.

Minha amiga, seja amável e carinhosa. Seja uma mulher abençoada e abençoadora em qualquer situação. Não se irrite, não tenha atitudes agressivas, principalmente em momentos difíceis. Procure manter a calma sempre e pense antes de falar e agir. A vida é como a semeadura, o que você planta, colhe! Se você semear discórdia colherá desprezo. Porém, se você semear amor, terá a compreensão e atenção de todos. Conheço muitas mulheres abandonadas, desprezadas porque passaram a vida inteira semeando coisas ruins. Isso é muito triste! Por isso, devemos ter atitudes positivas, carinhosas e caridosas. Ser gentil ao falar e prudente ao agir. Agindo assim, você nunca será abandonada.

Procure servir. Sirva a todos com amor e carinho. Assim como Deus ajudou Rute, fará de você mais que uma vencedora.

 

 

Missionária Elza Almeida

Mensagem transmitida pela Rádio Paz FM 89,5 no Programa “Espaço Mulher”, todos os sábados das 9h às 10h apresentado pela Pr. Neusa César Carmo e Miss. Elza Almeida. Ouçam e participem!

Pr. Oídes José do Carmo

Prª. Neusa César Carmo

Galeria de Fotos

BATISMO NAS ÁGUAS [Fevereiro/2017]

CONSAGRAÇÃO DE OBREIROS

Cinquentenário do Coral Harmonia Celeste

4º Seminário de Mulheres do Campo de Campinas

BATISMO NAS ÁGUAS [OUTUBRO/2016]

CONGRESSO INFANTIL 2016

Segundo dia da 'Conferência Missionária' do Campo de Campinas - Noite

Segundo dia da 'Conferência Missionária' do Campo de Campinas - Manhã

Primeiro dia da 'Conferência Missionária' do Campo de Campinas.

Aniversário do Pastor Oídes José do Carmo [2016]