15/04/2014 08:19
Mãe, cuidado com a obesidade infantil

Uma recente pesquisa revelou que os índices de obesidade infantil estão crescendo muito aqui no Brasil. Isso é nada mais, nada menos do que um descontrole na alimentação. Segundo os médicos, se os pais não ensinarem aos filhos hábitos saudáveis, a criança poderá ter sérios problemas de saúde na fase adulta. Se a criança já apresenta tendência obesidade, é dever dos pais controlar a alimentação dos filhos. Isso não é tarefa fácil, porque criança quer comer tudo o que vê pela frente, desde um sorvete a um sanduíche, geralmente alimentos considerados os grandes vilões, por serem extremamente calóricos. No entanto, o papel da mãe é fundamental nesse controle.

Ainda segundo a mencionada pesquisa, uma criança obesa tem mais chances de se tornar um adulto obeso. E, não se pode desconsiderar que tais dados são preocupantes. Os números mostram que, nos últimos dez anos, a quantidade de obesos entre crianças e adolescentes cresceu bastante. De acordo com esses dados, os médicos alertam sobre a necessidade de as crianças se exercitarem mais, porque a atividade física também é importante. Os pais devem incentivar os filhos a brincar mais fora de casa, a sair da frente do computador, da TV, e também cuidar da alimentação. Além da atividade física, os responsáveis devem fazer com que as crianças tenham uma alimentação mais saudável, à base de frutas, verduras e legumes.

Infelizmente, a vida moderna trouxe benefícios por um lado e prejuízos por outro. Hoje, as crianças ficam muito tempo em frente ao computador, em frente à TV e, por causa da violência assustadora, ficam trancados em casa e em apartamentos. Isso faz com que se exercitem muito pouco. É preciso que os pais tirem um tempo para sair com os filhos, para levá-los a uma praça, ao parque, possibilitando assim que eles corram, brinquem, enfim, se exercitem. Outro hábito de grande importância é ensinar os filhos a comerem frutas e verduras, desde pequenos.

Prezada leitora, se você está grávida, ou convive com alguma mulher nessa condição, é bom se atentar para os benefícios da amamentação. Os médicos afirmam que o bebê que é amamentado pela mãe, pelo menos durante os seis primeiros meses de vida, tem menos riscos de se tornar obeso. Se já existirem casos de obesidade na família, então, os pais deverão controlar a alimentação dos filhos com mais rigor.

Se a criança chora e dá birra por querer algum alimento que ela não pode consumir naquele momento, é necessário colocar limites. Não ceda aos caprichos da criança. Ela tem que entender a importância de não comer ou ingerir algo que prejudique a sua saúde. Aos poucos, com o crescimento e a maturidade, ela passará a compreender melhor que, para ter uma vida saudável, é necessário ter hábitos alimentares corretos.
Minha amiga, devemos viver a vida pensando em quatro coisas: Deus, saúde, alimentação saudável e bem-estar.


Missionária Elza Almeida

Mensagem transmitida pela Rádio Paz FM 89,5 no Programa “Espaço Mulher”, todos os sábados das 9h às 10h apresentado pela Pr. Neusa César Carmo e Miss. Elza Almeida. Ouçam e participem!

Pr. Oídes José do Carmo

Prª. Neusa César Carmo

Galeria de Fotos

BATISMO NAS ÁGUAS [Fevereiro/2017]

CONSAGRAÇÃO DE OBREIROS

Cinquentenário do Coral Harmonia Celeste

4º Seminário de Mulheres do Campo de Campinas

BATISMO NAS ÁGUAS [OUTUBRO/2016]

CONGRESSO INFANTIL 2016

Segundo dia da 'Conferência Missionária' do Campo de Campinas - Noite

Segundo dia da 'Conferência Missionária' do Campo de Campinas - Manhã

Primeiro dia da 'Conferência Missionária' do Campo de Campinas.

Aniversário do Pastor Oídes José do Carmo [2016]