22/04/2014 09:30
Guardar comprovantes é muito importante

É quase unanimidade termos uma ou várias gavetas abarrotadas de papéis, embalagens, chaves, fotos, canetas e um montão de quinquilharias, o que torna a organização uma tarefa difícil. Mas, chega uma hora que não dá mais. Aí, é preciso criar coragem, dar um basta à bagunça e encarar a faxina.

E quando resolvemos fazer isso, a cena é comum: são sacos e sacos, cheios de coisas inúteis, retiradas da gaveta. Mas, cuidado! Não se deixe dominar pelo ímpeto de organizar tudo e, para tanto, se livrar, sem critérios, desse acúmulo de miudezas. Preste atenção para não se desfazer de documentos que, mais tarde, você pode precisar, especialmente, comprovantes de pagamento. Quando menos se espera, algum deles pode ser solicitado e, talvez, você não o tenha em sua posse.

Você também não deve descartar tão facilmente notas fiscais de bens duráveis, que poderá precisar, caso apresentem algum defeito. Ainda, se quiser vendê-los, sem a nota fiscal, o objeto perde o valor.

Ainda que não seja tão fácil, a conservação de todos esses papéis é necessária. Por mais chato que seja, é melhor se prevenir. Existe um prazo pelo qual esses documentos devem ser guardados, prazo esse que varia conforme o tipo de comprovante. Mas, para facilitar tudo isso, em 2009, foi aprovada uma Lei (Lei nº 12.007) que obriga as empresas prestadoras de serviços públicos ou privados a emitir e encaminhar ao consumidor uma declaração de quitação anual de débitos.

Bem melhor assim, não é? De posse dessa declaração, não existe necessidade de se conservar tantos documentos em casa, ocupando espaço e produzindo bagunça. Uma única declaração substitui 12 comprovantes de pagamento.

Mas, é bom ficar atento a duas questões. Primeiro, de acordo com essa Lei, somente terão direito à declaração de quitação anual os consumidores que estiverem em dia com todos os débitos relativos ao ano em referência. Assim, para que você receba uma declaração relativa, por exemplo, às faturas de sua conta telefônica do ano de 2013, todas elas devem estar pagas.

Além disso, se alguma conta estiver sendo questionada judicialmente, a declaração abrangerá apenas os meses que não estejam incluídos nesse questionamento. Outra coisa, é preciso que você observe se, na declaração encaminhada pela prestadora de serviço, consta a informação de que ela substitui as quitações dos faturamentos mensais do ano a que se refere.

Em segundo lugar, você deve tomar o cuidado de guardar essa declaração pelo tempo que ela for necessária para comprovação. Assim, os seguintes prazos devem ser observados:
Contas de quitação anual

 

 

 

Outros documentos:

 

 

Já os comprovantes de pagamento de impostos, a exemplo do IPTU, IPVA e da declaração de imposto de renda, devem ser conservados por cinco anos .

Outra questão. Devemos nos esforçar para deixar tudo organizado porque, encontrar um documento desses, na hora em que precisamos, é trabalho mais que dobrado. Já aconteceu comigo de, na pressa, guardar a papelada sem muita organização e, depois, foi um transtorno, pois, em meio a tanto papel, tive muita dificuldade para encontrar o que estava procurando.

Prezada leitora, são pequenos detalhes que facilitam a nossa vida, não é mesmo? Por experiência própria, posso afirmar que eu já joguei alguns papéis importantes no lixo e que, posteriormente, precisei deles. Dicas como essas parecem tão simples, mas são de grande relevância. Fazem toda a diferença quando precisamos encontrar um documento.

Engavetar papéis por todo esse tempo pode parecer uma eternidade. Mas é necessário. Porém, organizá-los também é. Querida amiga, quem paga mal, paga duas vezes. Pagar mal, neste caso, consiste em não guardar ou perder comprovantes. Para fugir dessas dores de cabeça, vale deixar na gaveta, pelo tempo necessário, os documentos que comprovem pagamentos realizados e, de preferência, de maneira organizada.

Pr. Oídes José do Carmo

Prª. Neusa César Carmo

Galeria de Fotos

BATISMO NAS ÁGUAS [Fevereiro/2017]

CONSAGRAÇÃO DE OBREIROS

Cinquentenário do Coral Harmonia Celeste

4º Seminário de Mulheres do Campo de Campinas

BATISMO NAS ÁGUAS [OUTUBRO/2016]

CONGRESSO INFANTIL 2016

Segundo dia da 'Conferência Missionária' do Campo de Campinas - Noite

Segundo dia da 'Conferência Missionária' do Campo de Campinas - Manhã

Primeiro dia da 'Conferência Missionária' do Campo de Campinas.

Aniversário do Pastor Oídes José do Carmo [2016]